Casa Imperial

A Família Imperial

 

As origens da Família Imperial Brasileira – ou Casa Imperial do Brasil – remetem ao ano de 1822, quando o Príncipe Real de Portugal e Regente do Brasil, Dom Pedro de Alcantara de Bragança, tendo proclamado a Independência no dia 7 de setembro, foi aclamado Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do Brasil em 12 de outubro.

Os Imperadores do Brasil, assim como os seus maiores, os Reis de Portugal, foram membros da Sereníssima Casa de Bragança, reinante desde 1640 e descendente do Rei Dom Afonso I, que em 1139 fundou o Reino de Portugal. 

Em 1864, a Princesa Imperial do Brasil, Dona Isabel de Bragança, filha e herdeira do Imperador Dom Pedro II, foi desposada pelo Príncipe Gastão de Orleans, Conde d’Eu, membro da Família Real Francesa. De sua descendência masculina, principesca e legítima provém a Casa de Orleans e Bragança, isto é, a Casa Imperial do Brasil, que descende em legítima varonia dos Reis da França, membros da milenar Dinastia Capetíngia, como São Luiz IX e Hugo Capeto, que em 987 foi eleito Rei dos Francos. 

Os Príncipes e Princesas brasileiros, dinastas ou não, devem respeito e deferência ao Chefe da Casa Imperial do Brasil, nosso Imperador de jure (ou seja, “de direito”), que nos termos dos Artigos 11 e 98 da Constituição Política do Império do Brasil de 25 de março de 1824 é o representante máximo da tradição monárquica neste País. 

No entanto, além da sucessão biológica, a Família Imperial conservou sempre, como o mais precioso dos legados, desde o golpe de Estado que no dia 15 de novembro de 1889 instaurou a República no Brasil até o presente momento, a fidelidade à sua missão histórica. 

Durante o seu longo exílio, de 1889 a 1945, e após o seu retorno à Pátria, os sucessivos Chefes da Casa Imperial – do Imperador Dom Pedro II até o seu trineto, o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, atual depositário dos direitos ao Trono e à Coroa do Brasil – sempre deram notórias provas dessa fidelidade e nunca se eximiram do cumprimento dos deveres intrínsecos à condição de membros da Família Imperial.

 

 

Conheça mais sobre os nossos Príncipes clicando em seus nomes logo abaixo:

A Família Imperial

Linha de Sucessão ao Trono e à Coroa do Brasil