Pró Monarquia - Site Oficial da Casa Imperial do Brasil
HERDEIROS DO PORVIR

HERDEIROS DO PORVIR

Boletim periódico da Pró Monarquia, entidade que, sob os auspícios do Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil, difunde o ideário monárquico em nosso País.

Este Boletim visa identificar e descrever os passos da Revolução Cultural que vem degradando progressivamente o modo de pensar, sentir e agir do homem contemporâneo.

Procura também destacar que há, ao mesmo tempo, uma corrente profunda e cada vez maior da opinião pública que dá sinais inequívocos de estar se libertando da tirania das utopias igualitárias, e que busca nos valores do direito natural uma inspiração sadia para o porvir.

Para receber o Boletim Herdeiros do Porvir, preencha seu cadastro.

Cadastre-se aqui!

ENTREVISTAS

Leia aqui as entrevistas dadas ao Herdeiros do Porvir
Para visualizar, clique na imagem

140x140

Dona Christine

Entrevista da edição HP 39

140x140

Dom Antonio

Entrevista da edição HP 35

140x140

Dom Rafael

Entrevista da edição HP 31

140x140

Da. Maria Gabriela

Entrevista da edição HP 27

Placeholder image

HERDEIROS DO PORVIR 50

A necessidade de expandir a divulgação do ideário monárquico e de utilizar novos meios de comunicação fez com que a Pró Monarquia entrasse nas redes sociais.

Em agosto de 2014, a Pró Monarquia lançou oficialmente sua página no Facebook, a maior e mais importante rede social na internet, e em poucas horas obteve mais de 2 mil seguidores.

Hoje, essa página conta com mais de 70 mil inscritos e se tornou a principal plataforma de comunicação com os monarquistas, bem como o maior meio de divulgação da causa na internet, somando-se a ela o Site da Pró Monarquia e os perfis no Instagram e Youtube.

Outro fruto da eficácia desses novos meios de comunicação foi o crescimento do número de monarquistas presentes nos Encontros Monárquicos em todo o País.

Em junho de 2017 realizou-se o XXVII Encontro Monárquico do Rio de Janeiro, que congrega anualmente monarquistas de todo o Brasil.

A transmissão desse Encontro Monárquico ao vivo, pela internet, tornou possível que cerca de 20 mil pessoas também participassem simultaneamente desse evento.

Além disso, cada vez mais, a Família Imperial vem sendo convidada para eventos em diversas cidades do Brasil, com forte presença de monarquistas locais.

Acompanhe essas e outras matérias no Boletim Herdeiros do Porvir.

Placeholder image

HERDEIROS DO PORVIR 49

O Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, em vista do agravamento da crise política no Brasil, emitiu comunicado com larga repercussão na imprensa e nas redes sociais.

Dom Luiz destacou que essa é uma crise moral, de valores e ideológica, com dramáticos reflexos institucionais e até econômicos.

E que as convulsões provocadas por políticos, desmoralizados e distantes dos anseios das faixas mais sadias da população, tornam muito difícil um caminhar confiante do País rumo a um futuro de paz social e de prosperidade.

Veja também, nesta edição, duas cartas inéditas escritas pela Princesa Isabel em 1908.

A primeira, escrita em português, participa ao Rei D. Manoel II, de Portugal (1889-1932), a renúncia que o primogênito da Princesa, D. Pedro de Alcântara (1875-1945) fizera de seus direitos ao trono do Brasil, e a consequente ascensão do segundo filho, Dom Luiz de Orleans e Bragança (1878-1920), à condição de herdeiro imediato da Princesa.

A segunda carta, escrita em francês, foi enviada ao Papa São Pio X, então reinante, participando o noivado de D. Luiz com a Princesa Maria Pia de Bourbon-Sicílias (1878-1973) e rogando que o Pontífice abençoasse o casal.

Acompanhe essas e outras matérias no Boletim Herdeiros do Porvir.

Placeholder image

HERDEIROS DO PORVIR 48

Monarquistas hasteiam a Bandeira do Império do Brasil diante do Congresso Nacional, em Brasília, nas manifestações de 16 de março de 2016.

A foto desse feito inédito, estampada na capa do Boletim Herdeiros do Porvir, ilustra bem a desilusão do povo brasileiro com as infindáveis mazelas dos políticos da república.

Há 150 anos, tinha razão Machado de Assis ao escrever em sua crônica de 5 de março de 1867: “peço aos deuses que afastem do Brasil o sistema republicano, porque esse dia seria o do nascimento da mais insolente aristocracia que o sol jamais alumiou”.

Por mais que alguém seja republicano e antimonárquico, não consegue deixar de ter,dentro de si, algumas vagas simpatias, às vezes disfarçadas, às vezes não explicitadas,
por tudo aquilo que caracteriza a tradicional monarquia no imaginário coletivo.

Como se costuma dizer: em todo republicano existe um monarquista que dorme. E a experiência tem comprovado a veracidade dessa afirmativa.

Acompanhe essa e outras matérias no Boletim Herdeiros do Porvir.

 

EDIÇÃO 47

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 46

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 45

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 44

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 43

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 42

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 41

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 40

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 39

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 38

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 37

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 36

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 35

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 34

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 33

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 32

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 31

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 30

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 29

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 28

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image


EDIÇÃO 27

clique na imagem para fazer o download

Placeholder image



Pró Monarquia é uma associação cívico-cultural sem fins lucrativos, fundada em 1990, que tem por finalidade promover, orientar e coordenar iniciativas voltadas à restauração do regime monárquico de governo no Brasil, observada a legitimidade dinástica. Assim, sob os auspícios do Chefe da Casa Imperial do Brasil S.A.I.R. o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, realiza e incentiva atividades de estudo, formação e divulgação concernentes à Dinastia brasileira, à nossa história, valores e tradições, bem como à excelência do regime monárquico enquanto tal e à realidade nacional, de modo a obter a coesão dos monarquistas brasileiros em torno de um mesmo ideário e atrair para a causa monárquica a simpatia e a adesão dos compatriotas.